→ Adiciona 8)

ficsdaanuxka@hotmail.com
Segunda-feira, 8 de Setembro de 2008

FIC - CAPÍTULO 16.

Olááááá : )

 

Desde já, parabéns ao GUSTAV :D !

Parabéns aos Tokio Hotel no geral, por conseguirem o "Best New Artist" ^^.

Fico contente por estarem a gostar, muito contente :3 .


Nota: Peço desculpa por ser pequeno, mas já se notam diferenças ^^ .



Capítulo 16

 

EU: Desculpa. – Disse com a voz meio rouca, o que me fez de seguida tossir, para voltar a ter a minha voz habitual.

 

Ele virou-se para a porta da varanda onde estava encostada. Só olhava para mim, nada dizia. Ali estavam misturados vários tipos de sentimentos.

Havia a desilusão por parte dele, em relação a mim.

Existia também o arrependimento. Como me sentia arrependida e extremamente estúpida por ter dito aquelas curtas, mas fortes palavras.

Junto aos anteriores sentimentos, andava também a confusão. A confusão dos nossos sentimentos, um por o outro; se existiam ou não.

A tristeza estava acima de todos os outros. Parecia já não existir nada, apenas mágoa.

Eu sabia que tinha sido injusta, mas na altura não pensei nas consequências, até porque apoderou-se de mim uma força incrível que me fez pronunciar aquelas palavras. Parecia ter mais poder sobre mim, do que eu própria. Seriam ciúmes?! Talvez fosse isso. Sempre ouvi dizer que os ciúmes nos transformam em pessoas diferentes e que estes raramente são racionais.

O silêncio que se fazia sentir estava a dar cabo de mim e a deixar-me cada vez mais impaciente e nervosa, até que ele o quebrou.

 

TOM: Só não percebo o porquê ... O porquê! – Disse sentado-se numa das cadeiras que estavam instaladas na varanda, que até tinha alguns m2.

EU: O porquê do quê? – Perguntei sem perceber o que é que ele queria dizer com aquilo, ou melhor, o que é que ele queria perceber.

TOM: Sim, porque é que não acreditas que estou disposto a mudar por ti.

EU: Nenhum rapaz mudou por mim. De certeza que não serias o primeiro a fazê-lo.

TOM: Como é que podes ter tanta certeza de uma coisa que só eu posso sentir e querer? – Levantou-se e foi ter comigo até à porta, onde eu permanecia encostada.

EU: É muito improvável. – Disse encarando o chão.

TOM: Dá-me uma oportunidade para to mostrar. Deixa-me mostrar-te que estás errada. – Ergueu-me o queixo para me poder olhar nos olhos. Ele já me conhecia melhor do que eu imaginava. Penso que ele já sabia que por mais que dissesse muita coisa, os meus olhos diriam apenas a verdade: o que eu queria mesmo.

EU: Mas para que é que foi aquele comentário de à bocado? – Perguntei com um pouco de medo de voltar a tocar naquele assunto, que vendo bem, ainda não estava resolvido.

TOM: Foi para ver que efeito é que provocava em ti. – Sorriu.

EU: E o que é que concluíste?

TOM: Que ficas-te com ciúmes. – Continuo a sorrir, parecia já nem se lembrar da (triste) situação anterior.

EU: Eu gosto de ti, acho que já sabias. – Aproximei-me dele. – é normal que tenha ciúmes. Quer dizer, acho eu. Acho que os ciúmes nunca tiveram tanto poder sobre mim como têm agora. – Disse meio confusa.

TOM: Eu também gosto de ti. – Consegui reparar na mudança de cor das bochechas, estavam mais vermelhinhas xD. – Admito ter tido ciúmes do Tiago.

EU: Vamos tentar. Eu acho que devemos tentar. – Afirmei com um sorriso.


- Continua -


Músiquinha ou Barulho: Nenhuma .
Sinto-me:: Não sei .
Publicado pela Anuxka 8D Fics Da Anuxka :) às 23:34
link | Adicionar aos Favoritos
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

→ Fic's da Anuxka ●

→ Coisinhas novas ^^

AVISO.

FIC - CAPÍTULO 21.

FIC - CAPÍTULO 20.

Que SAUDADES.

FIC - CAPÍTULO 19.

FIC - CAPÍTULO 18.

FIC - CAPÍTULO 17.

FIC - CAPÍTULO 16.

FIC - CAPÍTULO 15.

FIC - CAPÍTULO 14.

→ Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
31


→ Pertence ao Passado.